quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Saudades & Nostalgia.


Ontem me peguei lembrando onde tudo começou, daquele céu estrelado, dos cobertores na grama úmida. E mais uma vez o céu, hoje vejo detalhes que não vi naquele dia, sinto o cheiro da grama, barulhinhos de cigarras insones.

Mas quando me deparo com o hiato da saudade, sinto falta do " tudo ", que na realidade nunca aconteceu, e as vezes começo a misturar coisas reais, com as que imaginei tornando tudo tão real, tão tangivél.

É estranho olhar ao redor e ver tudo aparentemente se acertando, pessoas com novos amores, seguindo adiante e me pergunto por que será que fico tão parado e preso. Imaginando aquelas milhões de alternativas se tudo tivesse acontecido.

E vamos desperdiçando muitas histórias que não aconteceram, deixando escapar pessoas que se interessam por você, ai partimos pra aquele estado de quase insanidade de quem passa oras olhando um quadro de um momento que aconteceu ou não.

E na verdade a saudade é sempre alimentada pela lenha que vamos pegar com esforço na floresta, as vezes a saudade é futura, as vezes é passada, saudades de mãos, dos olhos e de risadas jogadas ao ar,

Saudade que tortura em dias como esse.


imagem: Flor de Lótus

2 comentários:

°°°Gabi°°° disse...

Que lindooo menino-poeta!

Bárbara disse...

Estou em alto-mar. Vc é o meu farol. Não se apague :)

Postar um comentário

  ©. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo