segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Silêncio


Hoje, me alegrei no silêncio
Minha alma não estremeceu
Olhei a vida em silêncio
Meu fantasma não apareceu

Senti minhas saudades no silêncio
Não desesperadamente
Suave saudades em silêncio
De uma história que será contada alegremente.

Sentei com meu Criador em silêncio
Ele tem o dom, de com os seus olhos sorrir
Sempre me olha e sorri em silêncio
Pede sempre, para eu deixar minha culpa antes de ir

2 comentários:

manoella disse...

Vc é incrível....

Bárbara Laureano disse...

Perfeito...
Eu não posso ficar só. Meus fantasmas sempre me assombram.

Saudades de uma história que será contada alegremente... Tenho muita saudade!

Lindo, lindo! Mil vezes lindo! Seus textos são incríveis!

Postar um comentário

  ©. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo