segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Garoa


Não sei por que mas uma garoa sempre me traz nostalgia e reflexão. Hoje me lembrei de como eu era a três anos atrás, fico revivendo esses momentos me vendo ali, com cara de bobo feliz pelo nada.

Não sei onde tudo se perdeu, onde as tintas daquele quadro foram ficando opacas e se desfazendo escorrendo pela tela, não sei para onde eu fui, onde foi aquele sorridente quase imbecil.

Mas quem sabe o mau da gente é materializar o amor. Seria melhor que o amor ficasse no mundo abstrato, continuaria maravilhoso, sublime. E não nos mataria dia após dia esganando a vida, nos pendendo ao passado sempre presente.

Nos obrigando a usar máscaras, as mais variadas. Correndo por ai, por que se ficar parado dói. E o fim nem sempre é o fim.

1 comentários:

Bárbara disse...

Quando conversávamos hoje por sms e vc disse que havia postado, não via a hora de chegar em casa e passar aqui...

Pq hein! Pq temos essa necessidade absurda e idiota de remexer e revirar nosso baú? As vzs penso que a dor causada por certas lembranças chega a ser um alivio para a alma que já não sente mais nada... Será isso? Já não sei mais... Mas de tempo em tempo me surpreendo fazendo exatamente isso. E dói viu...

Postar um comentário

  ©. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo