segunda-feira, 12 de março de 2012

Primeiros Passos


Sempre em meio ao caos das coisas que não importam para as outras pessoas, mas derrubam pilares em mim, das trapalhadas sentimentais, até a areia dos planos e sonhos que vejo distante, depois daqueles gritos interiores que a alma dá e ecoam pelo corpo.

Hoje as pernas ainda bambas, e aprecio o que há de melhor em mim e em todos os seres humanos que querem, podemos andar de novo, não maratonas espetáculares mas passos pequenos, desengonçados, o recomeço.

Perderiamos a nossa alma, na medida em que pedemos o poder do recomeço. Apesar de cada queda, ferida, chame do que quiser, aos poucos as cortinas vão se abrindo e vemos o que realmente importa, e não é nada concreto, são os abstratos, quero calçar o tênis da pureza, e fazer com que minha vida possa fazer sorrir outras vidas, mesmo que por poucos segundos, não quero ser lembrando por presentes, e sim por algum momento especial.

Recomeçaremos quanas vezes for preciso. A esperança sempre vai estar lá... e não posso parar até alcança-la.

1 comentários:

Postar um comentário

  ©. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo